Jogos de Portugal em 2016 superam audiências dos Europeus anteriores

Foi já no dia 10 de junho que se iniciou a 15.ª edição do Campeonato da Europa de Futebol, este ano a decorrer em França. O país anfitrião e a Roménia protagonizaram o jogo inaugural, que registou uma audiência média de 1,6 milhões de telespectadores que, através da RTP1, assistiram à vitória dos franceses por 2-1. Da Seleção Nacional há a registar 3 jogos com 3 empates, jogos sofridos mas que garantiram a passagem de Portugal à fase seguinte, os oitavos de final.

Na análise aos jogos já decorridos, no total de 36 jogos, confirma-se o que se tem verificado nos campeonatos anteriores: a presença da equipa portuguesa mais do que duplica a audiência média da transmissão dos jogos.
No que diz respeito ao total de jogos transmitidos em canal aberto, cada jogo registou uma audiência média de 1,4 milhões de telespetadores, um resultado semelhante ao do Euro 2008. Em relação aos jogos de Portugal, em média, perto de 2,8 milhões de telespectadores têm acompanhado a prestação da equipa portuguesa, sendo que apenas em 2012 se registou uma audiência superior, próxima dos 3 milhões (audiência média dos jogos da Fase de Grupos 2012).

Comparação audiência média dos jogos da Fase de Grupos do Europeu: 2008, 2012 e 2016, em canal aberto
Elaborado por Insight / IPG Mediabrands sobre dados CAEM/GFK reproduzidos em Mediamonitor - MMW, Telereport; Base: FTA+PayTV; Alvo: Universo (4+ anos). Audiências Live

Portugal x Islândia foi o programa mais visto de 2016

Com a extensão do campeonato, houve novidades no horário dos jogos. Muitos encontros coincidiram com o período laboral, mas os portugueses tiveram sorte nesse ponto – dois dos jogos da Seleção Nacional foram transmitidos já pelas 20h, sendo que apenas o encontro frente à Hungria decorreu pelas 17 horas. Os jogos de Portugal ocupam assim o TOP dos mais vistos do Europeu, com o jogo frente à Islândia a destacar-se com uma audiência total de 5 milhões de telespectadores, a que correspondeu uma audiência média de 3,4 milhões e um share de 70% para a RTP1 no período do jogo.

Destaque ainda para o facto de o jogo que opôs portugueses e húngaros ter sido o único do top 10 a decorrer às 17 horas conseguindo ainda assim bater record em termos de share (76.1%). Já a seleção da Rússia distingue-se na 6.ª e na 8.ª posição, tendo sido esta a única equipa, a par com Portugal, com os três jogos desta fase a serem transmitidos em canal aberto.

TOP 10 Jogos Euro 2016 - Fase de Grupos
Elaborado por Insight / IPG Mediabrands sobre dados CAEM/GFK reproduzidos em Mediamonitor-MMW, Telereport; Base: FTA+PayTV; Alvo: Universo (4+ anos). Audiências Live. Top de programas ordenado por Audiência Média (‘000).

Impacto nas audiências: RTP1 já ultrapassou SIC

A RTP1 é o único canal aberto com direitos de transmissão dos jogos desta edição do Campeonato da Europa. Com uma média de um jogo por dia, a RTP1 registou um share médio de 19.9%, o que representa um crescimento de +5.7 pontos percentuais comparativamente com a média do mês de maio. A estação pública foi assim o 2.º canal free-to-air mais visto neste período, ficando a -2.1 p.p. da TVI. Apesar de manter a liderança, a estação de Queluz foi a que mais perdeu audiência face ao mês anterior.

A Sport TV1, que assegura a transmissão de todos os jogos da competição, registou igualmente resultados positivos, após assinalar um crescimento de +0.5 pontos percentuais comparativamente com o mês de maio.

Através da análise do share diário dos canais abertos durante a fase grupos, nota-se a relevância dos jogos de Portugal para a RTP1. Estes são os únicos dias em que o canal público se destaca da concorrência e apresenta shares próximos dos 30%.

Elaborado por Insight / IPG Mediabrands sobre dados CAEM/GFK reproduzidos em Mediamonitor - MMW, Telereport; Base: FTA+PayTV; Alvo: Universo (4+ anos). Audiências Live
Elaborado por Insight / IPG Mediabrands sobre dados CAEM/GFK reproduzidos em Mediamonitor - MMW, Telereport; Base: FTA+PayTV; Alvo: Universo (4+ anos). Audiências Live

Publicidade durante a fase de grupos

Durante a fase de grupos do Euro 2016, o investimento publicitário a valores tabela durante os breaks dos jogos transmitidos na RTP1 foi superior a 14,6 milhões de euros, com as marcas patrocinadoras do evento a serem as que mais contribuem para este valor. A companhia aérea Turkish Airlines, que se juntou pela primeira vez a um campeonato europeu de futebol, foi a marca que mais se vez ouvir nos breaks dos encontros com um investimento a rondar os 1,4 milhões de euros, perto de 9% do investimento total das marcas. Do top 10 destacam-se também Coca-Cola, McDonald’s, Kia, Continental e Hyundai, todas elas associadas ao evento como patrocinadoras oficiais. Ainda de salientar a presença de marcas patrocinadoras da seleção nacional: MEO e Continente ocupam a 3.ª e 5.ª posição, respetivamente. No total, estas 10 marcas são responsáveis por mais de 50% do total de investimento publicitário registado na fase de grupos.

Os jogos da Seleção Nacional são mesmo os que registam um investimento publicitário mais elevado, com uma média de 1,6 milhões de euros por jogo. No que diz respeito às marcas, Turkish Airlines mantém a liderança do investimento, seguido de NOS.

Top 10 Marcas - Fase de grupos - RTP1
Elaborado por Insight / IPG Mediabrands sobre dados CAEM/GFK reproduzidos em Mediamonitor - MMW, Videotrack; Base: Total TV; Alvo: Universo (4+ anos). Investimento a valores tabela nos breaks publicitários dos jogos da fase de grupos na RTP1.